O que você deve avaliar na hora de comprar um bom sapato

Comprar um bom sapato pode ser mais difícil do que parece. Não adianta nada calçar um belo sapato e não conseguir andar com ele. Veja as dicas de como comprar o sapato ideal para você.

O que você deve avaliar na hora de comprar um bom sapato

Que as mulheres são apaixonadas por sapatos não é novidade. Mas comprar um bom sapato pode ser mais difícil do que parece. Não adianta nada colocar um belo sapato nos pés e não conseguir andar com ele. Veja as principais orientações para adquirir o sapato ideal para você!

O que analisar?

Escolher um bom sapato além de ajudar no look pode nos livrar de dores indesejáveis. Devemos analisar determinados fatores que vão muito além de preço, conforto e qualidade. Confira quais são os pontos a serem analisados:

1- Flexibilidade

Este é um dos fatores extremamente essenciais para trazer conforto aos pés. Quando for experimentar um sapato na loja, procure experimentar os dois pés de uma vez.

Se o objetivo final é de avaliar a maleabilidade, procure se manter na ponta dos pés. Observe se o calçado dobra exatamente no local que a planta do pé dobra, caso contrário, isso pode resultar em dores nos pés com o passar do tempo.

2- Suporte ideal

Na hora de comprar um bom sapato, é necessário estar consciente do verdadeiro estado dos seus pés. Estamos falando sobre joanetes, fascite plantar, qual o seu tipo de pisada, etc. Além disso, deve- se levar em conta o formato do seu pé, se ele é largo, com os dedos mais longos, muito fino, mais “gordinho” ou se costuma inchar, enfim, precisa estar consciente da sua realidade.

O sapato deve fornecer um suporte perfeito para o formato do pé. Quando o solado do calçado acompanha o pé, isso quer dizer que vai lhe proporcionar maior conforto. Ao experimentar o calçado procure manter a base do pé bem anatômico, dentro do calçado, isto protege a musculatura do pé, e assim, a mesma não é forçada durante a caminha de maneira desnecessária.

3- Tamanho

Para comprar um bom sapato, verificar o tamanho é primordial. Não devemos escolher um sapato apenas pela marca ou aparência, o tamanho importa e muito. Alguns modelos podem não encaixar perfeitamente, conforme o modelo do pé, por isso, ressaltamos a importância de averiguar o tamanho.




A falha humana também é outro fator muito comum nas lojas de sapatos, devido a isso, é que temos que ter cautela e consultar sempre na hora de comprar.

4- Conforto nunca é demais

O que você deve avaliar na hora de comprar um bom sapato - Conforto nunca é demais

Na maioria das vezes nos enganamos, pois compramos sapatos pela beleza e não pela praticidade. Por isso, em artigos sobre sapatos vamos destacar a palavra conforto sempre, para fazer com que as pessoas lembrem que, a saúde do pé é essencial para nosso corpo também.

Para experimentar melhor um sapato, procure ir à uma loja no horário da tarde ou da noite, pois durante o dia os pés podem acabar inchando. Analise se existe uma distância de aproximadamente 1 cm entre o dedo mais longo e a extremidade do sapato.

Não esqueça de analisar o material e o acabamento. Ninguém quer comprar um sapato com baixa qualidade, e que seja descartável. Tenha paciência na hora de comprar, afinal, é você que vai usar o calçado. Vá na loja com calma e confira todos os modelos possíveis. Reserve uma tarde ao final de seu expediente se possível para fazer a compra.

Concluindo…

Se deseja comprar um bom sapato, é bom lembrar que as tendências de moda e de calçados podem ser úteis, mas o mais importante é você se sentir bem independentemente do tipo de calçado, ou ocasião que vai usar.

Se pretende ter uma boa leitura com dicas rápidas para seu dia a dia, então consulte as outras categorias de nosso blog, apresentamos diversas dicas sobre beleza, bem-estar e de qualidade de vida para quem deseja estar sempre por dentro de tudo.




Dirce Brand

Sobre a autora | Website

Meu nome é Dirce, sou do tipo "mulher prendada", à moda antiga, que faz de tudo um pouco. Desde criança sempre gostei muito de costurar, fazer artesanatos, arrumar a casa, cozinhar, plantar, e cuidar da saúde da família, na verdade, tudo que tem relação com auto-desenvolvimento me fascina, gosto de ser independente! Criei esse blog para dividir com você um pouco do que aprendi e que pode ajudar a facilitar a sua vida.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 × 5 =

Seja o primeiro a comentar!