10 dietas da moda ⚖️ mais absurdas da história

Não há nada de errado em seguir uma dieta. O problema é quando se faz loucuras para perder peso. Conheça as 10 dietas da moda mais absurdas da história!

10 dietas da moda ⚖️ mais absurdas da história

Não há nada de errado em seguir uma dieta. O problema é quando se faz loucuras seguindo as dietas da moda mais absurdas. A História está recheada de doidices para emagrecer! Neste artigo, você vai conhecer o top 10 do passado e ver que a neurose com os quilos a mais não é atual.

Por favor, não siga estas dietas! Elas não têm respaldo médico e podem até matar! Consulte sempre um médico ou nutricionista!

1 – A dieta vitoriana da segunda metade do século XIX

1-10-dietas-da-moda-mais-absurdas-da-história-A-dieta-vitoriana-da-segunda-metade-do-século-XIX

A primeira das dietas da moda mais absurdas é a dieta Vitoriana nos anos 1850. O padrão vitoriano da Europa Ocidental pregava que a fragilidade era um símbolo de feminilidade e pureza espiritual. Quem seguia a dieta literalmente passava fome para se tornar “puro”.

2 – A dieta do vinagre dos anos 1820

2-10-dietas-da-moda-mais-absurdas-da-história-A-dieta-do-vinagre-dos-anos-1820

Se você aprecia o vinagre, poderá seguir esta dieta proposta pelo poeta britânico Lord Byron no começo do século XIX.

Beba muita água e vinagre todo dia com o intuito de “limpar o corpo” – além de uma xícara de chá misturado com ovo cru. Como esta dieta provoca diarreia e vômito, naturalmente se perde peso.

Será que o poeta usava vinagre de vinho branco ou tinto nesta dieta?

3 – A dieta da mastigação de 1903

3-10-dietas-da-moda-mais-absurdas-da-história-A-dieta-da-mastigação-de-1903

O americano Horace Fletcher foi um entusiasta da alimentação saudável, inventando uma dieta que consiste em mastigar a comida 32 vezes e depois cuspir tudo.

Segundo Fletcher, o corpo absorve os nutrientes que precisa com a mera mastigação. Por isso, ele ganhou o título de “O Grande Mastigador” – e provavelmente seja o “muso inspirador” da bulimia e do chiclete.

4 – A dieta do cigarro de 1925

4-10-dietas-da-moda-mais-absurdas-da-história-A-dieta-do-cigarro-de-1925

Outra pérola das dietas da moda mais absurdas é dieta do cigarro praticada nos anos 1920: as fábricas de cigarro propagandeavam falsamente vários benefícios deste produto, incluindo a perda de peso. Até os médicos apoiavam o cigarro! Perde-se peso, mas também o pulmão, os brônquios etc.

5 – A dieta do sabonete dos anos 1930

5-10-dietas-da-moda-mais-absurdas-da-história-A-dieta-do-sabonete-dos-anos-1930

Imagine que, durante o banho, além de você tirar a sujeira do seu corpo, eliminasse a gordurinha extra!?

Na Europa dos anos 1930, várias empresas promoveram “sabonetes para emagrecimento”. A composição tinha nada de especial: cloreto de potássio e outros ingredientes.

De vez em quando tentam ressuscitar esta dieta, como a Mulher Melão no ano de 2015.

6 – A dieta da solitária de 1954

6-10-dietas-da-moda-mais-absurdas-da-história-A-dieta-da-solitária-de-1954

Lembra da tênia ou solitária, verme que se aloja no intestino, passa dos 3 metros de comprimento e rouba nutrientes do hospedeiro?

Na metade do século XX, algumas pessoas desesperadas em perder peso ingeriram ovos da “bicha” para que o verme crescesse e comesse o que elas comiam. Imagina uma simpática minhoquinha” (cena forte) em seu intestino literalmente te matando!

7 – A dieta do sono dos anos 1960

7-10-dietas-da-moda-mais-absurdas-da-história-A-dieta-do-sono-dos-anos-1960

Enquanto se dorme, não se come: com esta “lógica”, algumas pessoas dormiam forçosamente – até mesmo com sedativos – para não comer e, consequentemente, não engordar. Até famosos como Elvis Presley aderiram!

A Bela Adormecida era feliz e não sabia…

8 – A dieta do “remédio milagroso” dos anos 1970

8-10-dietas-da-moda-mais-absurdas-da-história-A-dieta-do-“remédio-milagroso”-dos-anos-1970

O “especialista” Roger Linn desenvolveu a Dieta da Última Chance e também publicou um livro com o mesmo nome nos anos 1970. Nesta dieta, você ingere apenas o “remédio milagroso” desenvolvido pelo “doutor”, o Prolina.

O Prolinn é um “elixir” de ossos, tendões, chifres e outros restos de matadouros, com apenas 400 calorias e nenhum nutriente. Você emagrece, mas de fato é a sua última chance, já que os malefícios são inúmeros, como anemia e taquicardia.

9 – A dieta do ar de 1980 a 2000

9-10-dietas-da-moda-mais-absurdas-da-história-A-dieta-do-ar-de-1980-a-2000

“Viver de vento” significa que uma situação é impossível. Porém, a dieta respiratorianista ou dieta do ar segue literalmente a expressão: você só “come” o que respirar. Os adeptos da dieta alegam que “descobriram o sentido da vida” e não precisam de mais nada deste mundo, inclusive comida.

Se você não gosta do sabor do vento, pode recorrer a dieta da luz. Viva só dos raios do sol e nada mais! A Flor, jurada do Sílvio Santos, aprova e já praticou esta dieta!

10 – A dieta da cor azul do começo do século XXI

10-10-dietas-da-moda-mais-absurdas-da-história-A-dieta-da-cor-azul-do-começo-do-século-XXI

Para finalizar a lista de dietas da moda mais absurdas da história, uma contemporânea: a dieta da cor azul.

Segundo a psicologia das cores, tons de vermelho e amarelo estimulam o apetite, enquanto tons azulados saciam. Com base nisto, a dieta visa literalmente “azular” a sua visão para te deixar sempre saciado.

Usando óculos especial com lentes azuis, você não terá vontade de comer ao ver qualquer refeição “azulada”.

Outro fundamento é que não existe alimentos naturalmente da cor azul, então sentimos aversão ao ver uma comida nesta tonalidade. Quer provar? Experimente o “lámen sereia”, um “miojo” japonês com um “apetitoso” caldo azul inspirado no oceano!

Dietas da moda mais absurdas…

O que você achou das 10 dietas da moda mais absurdas da história? Conhece alguma ou outra tão bizarra quanto estas dez listadas?

Lembre-se delas no seu próximo almoço de fim de semana, vai ser um bom incentivo para iniciar sua próxima dieta!

Dirce Brand

Sobre a autora | Website

Meu nome é Dirce, sou do tipo "mulher prendada", à moda antiga, que faz de tudo um pouco. Desde criança sempre gostei muito de costurar, fazer artesanatos, arrumar a casa, cozinhar, plantar, e cuidar da saúde da família, na verdade, tudo que tem relação com auto-desenvolvimento me fascina, gosto de ser independente! Criei esse blog para dividir com você um pouco do que aprendi e que pode ajudar a facilitar a sua vida.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

dezesseis + 1 =

Seja o primeiro a comentar!